CD ACOLHIDA

FAÇA AQUI SUA PESQUISA

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

Pai solteiro adota menina com síndrome de Down negada por vinte famílias


Foto/reprodução Instagram 

Em todo o mundo, milhares de crianças estão em orfanatos esperando para serem adotadas. A maioria delas crescem e nunca consegue encontrar uma família e acabam sendo deixadas sem rumo na idade adulta. Parecia ser o caso da garotinha chamada Alba, rejeitada por mais de 20 famílias e por sua mãe. 


Em 2017, Luca Trapanese, um homem solteiro na Itália, assumiu a responsabilidade de adotar Alba e se tornar seu pai. Ele fez a adoção quando ela tinha apenas 13 dias de vida. Antes disso, ela já tinha sido rejeitada por 20 famílias que resolveram não enfrentar os problemas.


Foto/reprodução Instagram 

Recentemente, Luca resolveu lançar um livro contando sua história e os desafios enfrentados para que conseguisse fazer a adoção. Na Itália, a adoção para pais solteiros ainda é muito complicada.

Apesar do desafio de criar uma criança com Down, Luca já tinha experiência com crianças especiais, pois trabalhou em um centro de assistência médica que cuidava de crianças como Alba. Luca não estava preocupado com o diagnóstico de Alba e disse que eles formariam uma família linda e feliz. Luca sempre sonhou em ser pai e tem certeza que Alba será uma criança feliz.



Foto/reprodução Instagram 

De acordo com a BBC, Alba, apesar das dificuldades, é uma criança muito feliz, gosta de dançar e brincar. Alba atualmente tem 2 anos e está muito feliz com sua nova família. Felizmente para alba, teve um final feliz. 


Recomendo Curso de Pedagogia Hospitalar Recomendo Curso de Educação Infantil

sexta-feira, 15 de novembro de 2019

Receba nossas postagens